Postagens

Mostrando postagens de 2014

Sobre a vida...

Uma estava perto,
Tão perto...
Mas, então, se afastou...
Outra estava longe, tão longe...
Contudo, se aproximou...
Pois é...
A juventude foi-se embora...
A velhice se achegou...
A morte se aproxima...
Fazer o quê?
Se é parte da vida?
Ah, a vida.. 
Se vale a pena?
Vale. 
Se for vivida, e, apenas,
Se for vivida de forma plena...
Então, vivam, 
Gozem e lamentem 
Sua ditas e desditas,
Só não percam tempo,,,
Com arrependimentos...
Pois, só se arrependem da vida...
Os que mentem sobre seus sentimentos...


Falecido poeta Cezar Lopes.

O Nascimento De Uma Estrela

Imagem
Caro André: Claro que o tempo reconstrói nossa memória. Por isso mesmo faço questão de reescrever esse texto que reflete o teu nascimento. Pois bem, foi assim: Naquele dia 23 de junho de 1998, perto da hora do café, sua mãe me disse: - Ai, rompeu a bolsa! Olhei em volta refletindo: -Mas não tem nenhuma bolsa por aqui! Fiquei intrigado, procurando ao meu redor uma bolsa que pudesse ter-se rompido. Imaginei que ela tivesse lido isso no jornal, mas logo concluí que uma quebra violenta na bolsa seria manchete e eu já teria lido sobre o assunto. Nesse ínterim, ela interrompe meu raciocínio gritando: - A bolsa rompeu, chama um táxi! Convém ressaltar que eu tinha uma parati, na época, mas não estava mais em condições de dirigir depois da terceira cabeçada tentando passar pela parede rumo ao telefone (fica complicado caminhar e pensar na bolsa de valores, na porta, no táxi, no telefone e no nascimento do filho, tudo ao mesmo tempo). A porta, pude constatar horas depois ao ver as marcas de sangue na p…

A Vida Chove

Imagem
Chove. 

No corredor que dá acesso ao prédio de salas comerciais marcas d'água de passos levam pessoas para seus afazeres diários.

O tempo célere produz seus efeitos nos rostos, nos corpos e nas mentes dessas pessoas. 

A cada dia, uma nova pessoa na mesma pessoa.

Chove. 
E não para de chover.

Cezar Lopes.

Da rotina do poeta

Imagem
A rotina é rotineira
A retina não é
Da rotina eu me livro
Com a retina eu me entendo
Basta abrir um bom livro
Para transubstanciar o que vejo
O que falta então
Que tanto me inquieta?
Quem sabe o lampejo
Que acende o desejo
Na alma sequiosa do novo
Que inunda o ser
Do poeta
Tanto quanto
Do profeta...

Cezar Lopes.

Depuração Face Psicológica Por Que Tudo é Uma Questão de Manter a Mente Quieta, a Espinha Ereta e o Coração Tranquilo

Imagem
Estou aqui ouvindo um blues e refletindo sobre o que quero em meu face.
Recentemente tenho sido invadido por uma quantidade absurda de post’s que visam expressar lamentos amorosos, sentimentos de despeito e de revanchismo.
Sinto informar, mas, meu face não é lugar para isso. Se quiser consolo procure um amigo real, um padre, um psicólogo, ou, mesmo, um psiquiatra.
Você não diz nada de bom sobre a sua pessoa quando se expõe de forma tão aviltante.
Sofrer todos sofremos. Todos nós temos sonhos e decepções. Isso não nos dá o direito de sobrecarregar as pessoas ao nosso redor com lamentos e indiretas que nada têm nada a ver com elas.
Está magoado (a), ofendido (a), quer desabafar? Vai lá, procura quem te magoou e solta o verbo.  Afinal, essa é a pessoa  que deve ouvir tua réplica ou tréplica. Não aqueles que sequer sabem do que se trata.
Quanto ao resto dos ocupantes dessa nau, não sei, mas eu não me interesso por tragédias pessoais alheias. Tenho as minhas próprias para resolver e isso já me …

Reflexões Pensamentos e Algumas Bobagens

Imagem
Cor do carro
Recentemente uma discussão que não pude deixar de ouvir me trouxe de volta à mente uma pergunta que fizeram a um filósofo paulista (não me recordo o nome) certa vez. Pois, perguntaram ao pensador qual a cor de carro que ele preferia. Ao que ele respondeu: qualquer uma, eu vou estar dentro dele mesmo. Isto e a discussão que ouvi me fizeram refletir que, realmente, que diferença faz a cor do carro se a maior parte do tempo você está dentro dele? Ainda, não imagino ninguém na iminência de uma colisão frontal refletindo sobre algo do tipo: oh, não, mas o meu carro é vermelho! Assim como também não consigo visualizar ninguém instantes antes de um acidente refletindo com seus botões: Mas não pode ser! Meu veículo é importado!
Do Burro
Tem um ditado que, corrigido, afirma: corro de burro quando foge. Ora, isso faz tanto sentido quanto sua versão equivocada: cor de burro quando foge. Isso por que, se o burro está fugindo não tem motivo para correr. Eu só correria se ele (o burro) esti…

A Culpa é do Povo

Imagem

Direitos Humanos

Imagem

Pega ladrão!

Imagem