Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

Os Zés

Imagem
Foto João de Carvalho

O Zé é meu vizinho. Dele dizem os de fora: uma candura de pessoa.
Zé acorda cedo faz sua higiene, toma café e vai trabalhar. Não é o trabalho que sua mãe queria para ele, num escritório de gravata e paletó, afinal, quando mais jovem preteria os estudos em função do futebol, da bicicleta e de “correr rua” como dizia sua genetriz.
Embora o trabalho não seja dos melhores, Zé sabe muito bem que há outros piores. Trabalhar como pedreiro, por exemplo, fazendo massa e erguendo paredes num sol de 40 graus sempre seria um bom exemplo. Essa imagem de si mesmo sujo de massa e cheirando a suor todos os dias sempre o assustou, de sorte que se dá por muito contente trabalhando como vendedor numa grande loja de departamentos. O dinheiro é pouco, mas o bastante para sustentar a esposa e a filhinha com dignidade.
Desde sua chegada à empresa Zé sempre foi muito bem quisto. Sorridente, brincalhão, “um amor de rapaz” como diz dona Viviane, a senhora da limpeza. Durante o expediente sua …

Bah... Mas é muita desinformação

Antes dessas considerações, meus sinceros sentimentos ao povo francês pela tragédia que lhes foi infringida por um grupo de terroristas fanáticos!
Dito isto, vejamos!
Quando americanos bombardeiam um hospital e matam o pessoal do Médicos Sem Fronteiras​ e pacientes imobilizados que sequer podem correr o que é isso? Um erro de cálculo.
Quando estudantes invadem escolas nos Estados Unidos e disparando a esmo trata-se de um caso isolado (que se repete demais para se chamar de isolado) que deve ser estudado.
Quando um chefe de uma seita leva seus seguidores a cometerem suicídio utilizando tênis Nike por ter o símbolo do cometa que traz consigo uma nave espacial que os levará consigo o que se diz é que são alguns poucos fanáticos que devem ser ignorados ou afastados da sociedade sadia.
Quando um estuprador faz uma oração a Jesus pedindo calma antes de agir, de forma que, assim acredita, compromete-se com Jesus o qual ao acalmá-lo dá um aval tácito para o estuprador de modo que seu crime não sej…